Ministério do Interior
Governo

Ministro garante segurança do processo eleitoral

O ministro do Interior, Ângelo Veiga Tavares, reiterou nesta quarta-feira, 13, em Luanda, a disponibilidade dos órgãos do seu pelouro na garantia da segurança das fases do Processo de Registo Eleitoral, para a realização das eleições gerais de 2017.

O governante, que falava na cerimónia de actualização de dados eleitorais ao nível deste departamento ministerial, declarou que os responsáveis do Ministério do Interior devem exercer um papel fulcral na sensibilização dos seus efectivos e familiares para o exercício da actualização do registo eleitoral.

Aferiu que os membros do seu pelouro têm uma dupla responsabilidade neste processo: uma como cidadãos na materialização dos seus direitos e deveres no sentido de estarem em condições para participarem na escolha dos futuros dirigentes políticos, e a de assegurar o processo em si, para permitir que o mesmo decorra com tranquilidade e segurança.

O titular da pasta do Interior exortou ainda aos brigadistas e fiscais no sentido de exercerem a sua actividade com zelo e dedicação.

No caso particular dos brigadistas, disse que estes devem ter um controlo adequado dos meios alocados à sua disposição e interagirem, a todo o momento, com os responsáveis pelo asseguramento do processo.

Por outro lado, instou os agentes políticos no sentido de terem bastante serenidade e responsabilidade na avaliação do processo, com vista a evitar-se situações que podem prejudicar o exercício desta actividade.

Apelou também à população para exercer o seu dever de cidadania com ordem e disciplina e não deixar para o último momento a actualização dos dados eleitorais, “para evitar-se as enchentes de última hora que acabam por criar constrangimentos para quem exerce esta actividade”.

No Ministério do Interior foi instalado um posto de actualização de dados eleitorais, aberto pelo titular da pasta, Ângelo Tavares, e seguiram-se os secretários de Estado Eugénio Laborinho e Bamókina Zau, entre outros altos responsáveis do pelouro.

Angop